<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8047882057411995768\x26blogName\x3dDepois+dos+Quinze.\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/\x26vt\x3d-6378420169756237470', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Contar ou não contar?
26 de dez de 2009 sábado, dezembro 26, 2009



Nós já nascemos procurando o garoto certo. Não é de hoje que estampamos em nossas caras um “procura-se um amor”. Não é de hoje que estamos em busca de um garoto legal, que goste, cuide e se preocupe com a gente. Que ligue no outro dia, não cobre mais do que podemos dar e que principalmente nos respeite. Quando o encontramos perdemos a noção do perigo, sentimos as borboletas no estômago e caminhamos por um labirinto, sim um labirinto. Daqueles cheios de escolhas e incógnitas. Por mais que pareça difícil, é esse o caminho do amor. Umas das questões que deixam qualquer garota louca é o contar ou não para família. Não é toda casa que rola intimidade, tem gente que morre de vergonha dos pais. Aqui em casa as coisas fluem de uma maneira boa. Quando eu namorei pela primeira fez eu contei e eles apoiaram. Essa é sempre a melhor opção, porque você vive e depende deles, então esconder alguma coisa não é vantajoso. Tanto quando financeiramente quanto emocionalmente. Não tem jeito, se alguma coisa der errado o colo da sua mãe é o primeiro lugar que você vai. Sem contar que sua mãe tem mais experiência que você, sabe o que é melhor ou não. Claro as vezes ela erra, mas é tipo muito as vezes. Comigo já aconteceu isso, na época eu era “rebelde”, e não ouvi. Fiz tudo as escondidas e adivinha? O príncipe era um verdadeiro idiota. Se eu tivesse ouvido minha mãe nada disso teria acontecido.
Portanto, eu conto tudo para a minha mãe.
Agora para o meu pai...

Marcadores:



Novembro 2008
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010

Um pouco + sobre Txt inlove Txt Sentimentos Closet 5 coisas Moda Ougod De quinze em quinze Make up fotografia link Passendo pelo Flickr Meus Poemas Fikdik egocentrismo Famosos? Oscar Depoisdosquinze Tentando entender Textos dos outros Surtei Listen MeMe's

Para melhor visualização
desse BLOG utilize
o Google Chrome.

Loading