<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8047882057411995768\x26blogName\x3dDepois+dos+Quinze.\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/\x26vt\x3d-6378420169756237470', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Em uma longa sexta feira...
18 de set de 2009 sexta-feira, setembro 18, 2009



Fechei os meus olhos, aquele era só mais um dia como outro qualquer. Arrumei meu cabelo como sempre costumava a fazer e segui em frente. Dessa vez o problema não era meu coração, pela primeira vez em mais de uma década e meia o problema parecia não ser o amor. Eu sei que nunca fui uma garota simples por isso nunca exigi que me entendessem por completo, eu tinha os meus momentos, eu sempre precisei pensar sobre tudo.
No caminho eu sempre pensei por muitas coisas, era o único tempo que eu tinha comigo mesma, o sol parecia estar em chamas naquela tarde o que graças ao meu tom de pele era insuportável, mas já não faltava muito, eu já poderia parar de tentar contar os meus passos... Eu caminhava em busca do meu futuro, para um lugar que um dia talvez eu sinta muita saudade. Eu temia não estar aproveitando o bastante, temia ser engolida pelo monstro do tempo e no fim perceber que tudo não passou de alguns simples dias de sol. As coisas eram assim e pronto. Não tinha mistério e nem o brilho que pareciam ter, os amigos nos decepcionarião até se afastarem para sempre, o que considerávamos importante passa a ser indiferente por falta de determinação, depois de uma noite de sono tudo parecia já ser passado. Eu procurava respostas para perguntas que nem existiam, eu precisava da solidão mas ela me angustiava. As pessoas caminhavam ao meu lado em busca do que eu ainda não sei, mas elas pareciam ter certeza, o que me deixava com mais dúvidas ainda. O problema talvez só existisse em minha mente, ou talvez nem lá...vai saber.

Escutando:



Novembro 2008
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010

Um pouco + sobre Txt inlove Txt Sentimentos Closet 5 coisas Moda Ougod De quinze em quinze Make up fotografia link Passendo pelo Flickr Meus Poemas Fikdik egocentrismo Famosos? Oscar Depoisdosquinze Tentando entender Textos dos outros Surtei Listen MeMe's

Para melhor visualização
desse BLOG utilize
o Google Chrome.

Loading