<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8047882057411995768\x26blogName\x3dDepois+dos+Quinze.\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/\x26vt\x3d-6378420169756237470', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
o dia em que senti a indifença
3 de ago de 2009 segunda-feira, agosto 03, 2009


Dizem que o contrário do amor é o ódio, mas eu sempre discoredei! Indiferença, esse sentimento é o mais angustiante que o ser humano pode chegar a sentir. É o não se incomodar, sequer se importar, é como ver o fim chegar e não sentir vontade de voltar.
Dizem que a indifença vem logo após o amor, será mesmo que o amor realmente tem um fim?
ou será que as vezes o confudimos, nos tornamos carentes ao ponto de simular dentro do peito um aperto que com o tempo insiste em falhar, carentes ao ponto de ver o barco afundar, pouco a pouco e sentir que isso se tornou um tipo de rotina.
e a indiferença tem cura? provavelmente o tempo seja o rémedio mais usado e indicado no mundo. o tempo faz com que apareçam as lembranças, mas também faz com que elas desapareçam da mente. faz com que sintamos saudade, mas também faz com não queriamos mais voltar, ou ir, ou ficar... O tempo, a indiferença, o amor, o ódio, o esquecer, o não entender, o ir, o voltar...

tudo que você um dia vai experimentar.



Novembro 2008
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010

Um pouco + sobre Txt inlove Txt Sentimentos Closet 5 coisas Moda Ougod De quinze em quinze Make up fotografia link Passendo pelo Flickr Meus Poemas Fikdik egocentrismo Famosos? Oscar Depoisdosquinze Tentando entender Textos dos outros Surtei Listen MeMe's

Para melhor visualização
desse BLOG utilize
o Google Chrome.

Loading