<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8047882057411995768\x26blogName\x3dDepois+dos+Quinze.\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/\x26vt\x3d-6378420169756237470', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
17 de jun de 2009 quarta-feira, junho 17, 2009


Pra ser sincera, nunca gostei de ler livros sem figura e com mais de quarenta paginas...Sempre gostei mais de figuras do que palavras, as capas sempre me interessaram muito, mas só. Nunca conseguia passar da décima pagina, é claro que no colégio ja fui obrigada a ler vários livros caso contrario não faria a prova, mas eu ia enfiando as palavras por força na minha cabeça e logo depois da prova elas era cuspidas para fora, não é a mesma coisa. Talvez por isso eu tenha perdido a vontade de ler, antes quando ainda fazia parte do infantil, eu tinha costume de ler um por semana, tudo bem que era mais pelas figuras, mas eu lia. Enfim, onde eu quero chegar? hoje zapeando pelo cefet, passei na biblioteca, e vi aquela estante repleta de livros, alguns antigos, alguns coloridos, revistas. Não posso mentir, parei pelas revistas, vi algumas, foliei outras e quando as revistas não me interessavam mais, olhei para os livros. E la estavam eles, talvez chamando o meu nome, talvez indiferentes a mim. Independente disso, comecei a ver a capa, um por um. Alguns velhos, autores que já tinha ouvido falar, alguns estranhos, outros que eu nem lembro o bem o nome, ate que encontrei um que tinha Clarice em sua capa, lembrei das frases e logo o puxei da parelheira para dar uma olhada, falava sobre a vida dela e sobre outros autores, a maioria começou a escrever na adolescência, assim como eu. Todos gostavam muito de ler, e pensei não é possível, porque só eu que não gosto? então continuei minha busca sem destino pelos livros da parelheira, ate que encontrei um que me chamou atenção " mastigando humanos", li a primeira pagina, a segunda, não deu vontade de parar. E continuei, na aula de Artes, No caminho de casa, e se quer saber to doida para acabar de escrever isso e voltar para as paginas, estou na 37 se estiver curioso.
Sabe, hoje descobri que as coisas estão realmente mudando, estou gostando de ler, livros que falam de sentimentos, ainda mais quando usam duplo sentido, adoro interpretar pequenos enigmas.



Novembro 2008
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010

Um pouco + sobre Txt inlove Txt Sentimentos Closet 5 coisas Moda Ougod De quinze em quinze Make up fotografia link Passendo pelo Flickr Meus Poemas Fikdik egocentrismo Famosos? Oscar Depoisdosquinze Tentando entender Textos dos outros Surtei Listen MeMe's

Para melhor visualização
desse BLOG utilize
o Google Chrome.

Loading