<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8047882057411995768\x26blogName\x3dDepois+dos+Quinze.\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/\x26vt\x3d-6378420169756237470', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Logo após o pra sempre.
21 de nov de 2009 sábado, novembro 21, 2009



- E se eu te disser que algumas coisas mudaram?
- Eu não acreditaria.
- E se eu te provasse?
- Ainda sim, eu não acreditaria.
Por um momento eu achei que aquela conversa acabaria, um breve silêncio me enganou.
- Eu não te amo mais.
- Isso não é verdade, você me ama... Só não entende o amor.
- Eu te ensinei o que é o amor, como posso não entende-lo?
- Você sabe o significado do dicionário, mas não sabe demonstrar isso, eu não vou dizer adeus enquanto não chegarmos ao fim.
- E se eu te disser que quero voltar?
- Eu te acompanharia.
- E se eu não quisesse?
- Eu te seqüestraria
- Eu não iria suportar você sabe disso.
- Eu também não suportaria ficar longe de você, estamos quites.
- Você conseguiu por anos...
- Mas agora é diferente, eu tenho você. Porque eu desceria para o inferno tendo as nuvens do meu lado?
Definitivamente aquela não era uma simples conversa, decisões foram tomadas.
- Existe outro alguém, outro céu, um forte vento.
- É mentira, é uma desculpa tola para mim te odiar.
- Eu não quero que você me odeie apenas me deixe.
- Porque você esta fazendo isso? Nós já tínhamos planejado tudo. Você manteria seus sonhos e os meus desejos. Eu seria sua companhia nos próximos anos e você seria o meu pequeno troféu. Eu não tenho um contrato, mas você prometeu.
- Sinto muito, mas preciso desligar agora. Te ligo depois.
tu tu tu tu tu


Continua
...



Novembro 2008
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010

Um pouco + sobre Txt inlove Txt Sentimentos Closet 5 coisas Moda Ougod De quinze em quinze Make up fotografia link Passendo pelo Flickr Meus Poemas Fikdik egocentrismo Famosos? Oscar Depoisdosquinze Tentando entender Textos dos outros Surtei Listen MeMe's

Para melhor visualização
desse BLOG utilize
o Google Chrome.

Loading