<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8047882057411995768\x26blogName\x3dDepois+dos+Quinze.\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://depoisdosquinze.blogspot.com/\x26vt\x3d-6378420169756237470', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Perdida no mundo dos adultos.
3 de jul de 2009 sexta-feira, julho 03, 2009


Dizem que a fase mais difícil da vida é adolescência, começo a concordar com esse pensamento. quando você passa da infância para a idade madura, muitas coisas começam a mudar, você deixa os seus brinquedos de lado, sente coisas que não consegue explicar, é experiente o bastante para arrumar a casa, cuidar do irmão, ir ao banco mas inexperiente para sair a noite, fazer uma tatuagem ou dirigir um carro. Acho que maturidade não é proporcional a idade, então não deveriam denominar cada fase, e impor o que cada uma é capaz de fazer, right? Se vivemos uma adolescência muito fora das regras nos denominam rebelde sem causa... sem causa? Ter que fazer milhares de exercícios, dar atenção ao namorado, arrumar o quarto, estudar para a prova, ler livros,lembrar onde deixou o celular, manter a aparência, olhar as novidades daquele site, fazer inglês, fazer de legal para a filha do amigo do pai, aula de natação, visitar os avós, guardar a roupa passada e principalmente: suportar as implicâncias do irmão, ainda nossos pais reclamarem que não fazemos nada o dia todo. Não é bem assim, temos alguns motivos para surtar as vezes. Adaptar com as diferenças, suportar a convivência, passamos a não só conhecer nossos familiares, e sim os outros. Ah, os outros. Podem até dizer que vivemos tudo com mais intensidade, se terminamos o namoro o mundo acabou. Se não ganhamos aquela blusa não iremos mais a festa, Com o tempo iremos aprender realmente como funcionam as coisas, se não aprendemos em casa, a vida trata de nos ensinar como é que tem quer ser.
e eu sei que depois de alguns anos

sentiremos
falta
de
tudo
isso.

Marcadores:



Novembro 2008
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010

Um pouco + sobre Txt inlove Txt Sentimentos Closet 5 coisas Moda Ougod De quinze em quinze Make up fotografia link Passendo pelo Flickr Meus Poemas Fikdik egocentrismo Famosos? Oscar Depoisdosquinze Tentando entender Textos dos outros Surtei Listen MeMe's

Para melhor visualização
desse BLOG utilize
o Google Chrome.

Loading